Sobre Nós

Estão disponíveis dois programas para incubação: pré incubação com período de curta duração e a incubação com período de média duração.

Estrutura Institucional

O Parque de Ciência e Tecnologia “Brigantia-EcoPark” faz parte do PCT-TMAD (Parque de Ciência e Tecnologia de Trás-os-Montes e Alto Douro) . É gerido por uma sociedade privada sem fins lucrativos, com objetivos científicos e tecnológicos (Associação para o desenvolvimento do Brigantia-EcoPark).

O Parque de Ciência e Tecnologia “Brigantia-EcoPark” é um espaço de ciência e tecnologia para apoio a empresas consolidadas e a empresas incubadas, ambas de base tecnológica. Possui ainda espaços laboratoriais para apoio à investigação, desenvolvimento e inovação.

São membros fundadores: Câmara Municipal de Bragança (CMB), Instituto Politécnico de Bragança (IPB), Câmara Municipal de Vila Real (CMVR), Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e a Associação do Parque de Ciência e Tecnologia do Porto (Portus Park).

                     

                           

Instalações e Recursos

O principal objetivo do Brigantia EcoPark é promover a cultura do empreendedorismo, inovação e da competitividade na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, apoiando a investigação, o desenvolvimento e o surgimento de empresas de base tecnológica. Para isso, possuímos os seguintes espaços modulares:

  • 16 salas para empresas consolidadas
  • 36 salas para empresas em fase de incubação
  • 23 Laboratórios
  • Salas de reuniões
  • 68 estacionamentos
  • 23 armazéns
  • Espaço de Cowork
Motivos

Bragança, uma oportunidade de futuro

Bragança é, hoje, um concelho dinâmico, atrativo e moderno, com instituições bem organizadas e empresas competitivas, estabelecimentos de ensino superior de qualidade que, a par da melhoria das acessibilidades, de equipamentos coletivos de excelência e a existência de uma boa percentagem de mão-de-obra jovem qualificada, será capaz de responder às exigências de uma economia cada vez mais global e competitiva.
Bragança num olhar...

Bragança num olhar...

Área - 1.173km2
Densidade populacional - 30,1 hab/km2
Residentes na cidade de Bragança - 23099 hab
Residentes no concelho - 35341 hab
Entradas no posto de turismo municipal - 27398 turistas (+12,98%)
Espaços verdes - 19,18m2/hab
Capacidade hoteleira - 1501 camas
Parques de campismo - 3 unidades
Ciclovias urbanas - 8 kms
Desenvolvimento Económico

Desenvolvimento Económico

Na última década, o tecido empresarial de Bragança tornou-se mais competitivo e ganhou dimensão exportadora. Bragança, no ano de 2000, representava 0,14% das exportações da Região Norte, atingindo os 1,59% em 2013.
Bragança, em 2013, exportou três vezes mais do que a NUT Douro, seis vezes mais que os restantes municípios da NUT Alto Trás-os-Montes e 74,53% dos 33 municípios que integram as duas NUT (Douro e Alto Trásos-Montes), o que evidencia a consolidação da sua atratividade e liderança regional ao nível das atividades económicas exportadoras.
Localização Estratégica

Localização Estratégica

Bragança possui boas acessibilidades rodoviárias, garantindo a segurança na circulação e rapidez de acesso aos destinos.
A proximidade à Rede Espanhola de Comboios de Alta Velocidade, na ligação Corunha – Madrid, sendo que a estação de Zamora foi inaugurada em novembro de 2015, permitindo a ligação a Madrid em
1h20, contribui para o acréscimo de mobilidade e desenvolvimento de Bragança.

Dispõe de um aeródromo regional com voos regulares entre Bragança – Vila Real – Viseu – Lisboa e Portimão. O aeroporto do Porto está a menos de 2 horas e o aeroporto de Madrid a 3 horas.

Educação

Educação

O Instituto Politécnico de Bragança (IPB) é constituído por cinco escolas (Escola Superior Agrária, Escola Superior de Educação, Escola Superior
de Tecnologia e Gestão, Escola Superior de Saúde e Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo), num total de 52 cursos
disponíveis e cerca de 7000 estudantes, sendo cada vez mais procurado em programa de intercâmbio (1200 estudantes).
Em Bragança, existem 4 locais onde é possível aprender ou aperfeiçoar as línguas estrangeiras (espanhol, inglês, francês e alemão),existindo
ainda vários centros de explicações.
Área de Acolhimento Empresarial

Área de Acolhimento Empresarial

A Área de Acolhimento Empresarial das Cantarias é um espaço de excelência para a instalação de empresas, que visa contribuir para a atração de empresas orientadas para a inovação, que desenvolvam atividades industriais em setores estratégicos para Bragança e para a região e que contribuam para melhorar qualitativamente o tecido empresarial.
Norte 2020 Portugal 2020 União Europeia Member of IASP